Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/11/19 às 20h07 - Atualizado em 7/11/19 às 20h08

Encontro celebra a simplificação da abertura de filiais de empresas

COMPARTILHAR

A Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital promoveu, nesta quinta-feira (7), reunião para celebrar a simplificação da abertura de filiais de empresas. No evento, ocorrido no Ministério da Economia, foram apresentadas as medidas que facilitam a abertura de filiais em diferentes unidades federativas.

 

Desde o dia 14 de outubro, o empreendedor não precisa mais viajar para outro estado para ter uma filial da empresa. Em virtude do sistema integrado da Rede Nacional para Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), as Juntas onde a pessoa tem a sede do negócio são as matrizes onde ela poderá dar entrada em todas as filiais daquele negócio.

 

Presidentes de várias Juntas Comerciais, incluindo a do DF, participaram da celebração

 

 

O secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, afirmou que essa conquista só foi alcançada graças ao empenho de todos os envolvidos, em especial dos presidentes das Juntas Comerciais.

 

O secretário especial de Modernização da Secretaria-Geral da Presidência, José Ricardo da Veiga, reforçou que cada vitória como essa deve ser comemorada. “O Brasil chegou num ponto de muita dificuldade para empreender e agora estamos nesta jornada para melhorar o ambiente de negócios.”

 

Presente ao evento, a gerente-adjunta da Unidade de Políticas Públicas do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal (Sebrae) Nacional, Inês Schwingel, ressaltou que, no início da implantação da Redesim, as Juntas tinham receio de perder a importância, mas, pelo contrário, elas se tornaram grandes integradoras do sistema.

 

Representando a presidência da Federação Nacional das Juntas Comerciais (Fenaju), o presidente da Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg), Euclides Barbo Siqueira, brincou que junta comercial passou de motivo de depressão para um local de desburocratização para o empresário.

 

A Junta Comercial, Industrial e Serviços do Distrito Federal (Jucis-DF) foi representada pelo presidente Walid Sariedine, pelo chefe da Assessoria Jurídica Legislativa, Rafael Alencastro, e pela coordenadora de Compliance, Juliana Dato.