Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/03/20 às 20h27 - Atualizado em 20/05/20 às 13h11

Jucis.DF e Cidades vão elaborar plano de ação para resolver dificuldades nas RAs

COMPARTILHAR

Nesta quinta-feira (26), a equipe da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Distrito Federal (Jucis.DF) encerrou as reuniões com as 33 Administrações Regionais de Brasília. O próximo passo será, em parceria com a Secretaria Executiva das Cidades e os representantes de cada região, construir conjuntamente as soluções para cada problema apontado em relação à viabilidade de endereço das empresas, feito por meio do sistema integrador.

 

“Os administradores têm vontade de realizar e estamos aqui para ajudar na concretização dessas ações. Pois temos que, legalmente, encontrar caminhos para que a burocracia não trave o empresariado do DF”, afirmou o presidente da Jucis.DF, Walid Sariedine.

 

Ao apresentar a ideia de visitar todas as cidades e entender com quem está na linha de frente os gargalos do sistema, Sariedine recebeu total apoio do secretário executivo das Cidades, Fernando Leite.

 

“A redução de prazos na Junta Comercial é um feito histórico, que está sendo aplaudido no País inteiro. O que queremos é a mesma celeridade no atendimento das administrações regionais”, afirmou o secretário. “O governador Ibaneis Rocha sempre colocou como prioridade no seu governo a desburocratização, pois facilitará e muito a vida do empresário. Afinal, o governo é só um facilitador, quem gera emprego e renda é o empresário”, reforçou Leite sobre a importância da parceria.

 

Aprimoramento e padronização da entrega nas administrações

Uma das missões que a Jucis.DF recebeu quando veio para a gestão do governo local foi melhorar e agilizar o processo de abertura de empreendimentos na capital do País. Em menos de seis meses, todos os serviços da autarquia foram totalmente digitalizados, reduzindo o tempo de análise de, em média, um mês para menos de uma hora. Primeiro desafio cumprido, começou-se o seguinte: auxiliar no aprimoramento e padronização da entrega nas administrações.

 

Por isso, desde o dia 5 de fevereiro, o vice-presidente João Vicente Feijão, a coordenadora de Integração, Juliana Dato, e o gerente de Inovação Tecnológica, Rafael Linhares, desenvolveram o trabalho de visitar as administrações e catalogar as dificuldades em cada região. Porém, por causa das medidas do governo do Distrito Federal para conter a disseminação do Covid-19, a reunião com a equipe da Administração Regional do Plano Piloto foi feita por videoconferência.

 

Incompatibilidades na legislação territorial, indicação incorreta de endereços, preenchimento errôneo de dados no sistema e problemas de internet foram alguns dos gargalos apontados para alcançar um melhor desempenho dos setores de registro.

 

Agora, com essas informações em mãos, Jucis.DF e Cidades, com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh), elaborarão um plano de ação para aprimorar o atendimento aos empresários em todas as Administrações Regionais do DF, contribuindo com o fomento da economia na capital do País.

 

Sistema Integrador

O sistema integrador reúne no ambiente digital os responsáveis pelo processo de abertura, alteração e baixa de empreendimentos, no caso a Jucis.DF; pelas inscrições tributárias, representados pelas Secretaria de Economia do DF e Receita Federal do Brasil; e pela viabilidade e licenciamento de empresas, que são as 33 administrações regionais e os órgãos licenciadores.

 

O sistema integrador faz parte da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), que tem a coordenação e presidência no DF sob a responsabilidade da Junta Comercial.