Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/07/20 às 9h47 - Atualizado em 24/07/20 às 9h53

Vigilância Sanitária orienta rede hoteleira do DF

COMPARTILHAR

O “novo normal” de muitos setores da economia passa por uma série de recomendações de segurança sanitária que visam a evitar a transmissão da Covid-19. Desde o início da pandemia, hotéis, motéis e pousadas do DF adotam os protocolos vigentes para o setor continuar funcionando de maneira a garantir a segurança de hóspedes e de toda a equipe de trabalho.

 

Para guiar a rede hoteleira, a Vigilância Sanitária, órgão vinculado à Secretaria de Saúde, publicou a Nota Técnica nº 39, que traz uma série de orientações a serem cumpridas pelos estabelecimentos do setor enquanto o período da pandemia perdurar.

 

Entre as diretrizes apresentadas no documento, há algumas que as pessoas já estão acostumadas a ver em outros lugares como manutenção do distanciamento social, aferimento de temperatura de funcionários e hóspedes e disponibilização de álcool em gel.

 

E tem algumas específicas do setor como treinamento para profissionais responsáveis pela limpeza de quartos, disponibilização de equipamentos de proteção individual (EPI) específicos para cada risco de exposição, adequação de áreas de alimentação para não gerar aglomeração de hóspedes e proibição de acesso a áreas de utilização comum.

 

Segundo a gerente de serviços de saúde da Vigilância Sanitária, Luciane Antunes, os hotéis, motéis e pousadas do DF se mostraram atentos às recomendações e aos procedimentos de segurança sanitária propostos pelo GDF. “Nós fomos a todos os estabelecimentos da rede, realizando um trabalho educativo e divulgando a nota técnica”, conta. “Em muitos que visitamos, as normas já estavam implementadas”.

 

 

 

* Fonte: Agência Brasília/ Foto: Agência Brasil

Leia também...