Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/03/20 às 8h58 - Atualizado em 25/03/20 às 14h39

COMPARTILHAR

Acompanhando as decisões do governo do Distrito Federal para garantir a segurança da população e evitar a proliferação do Covid-19, o presidente da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Distrito Federal (Jucis.DF), Walid Sariedine, reuniu a equipe, nesta segunda-feira (16), para tomar providências no âmbito da autarquia.

 

A primeira medida anunciada foi a suspensão do atendimento presencial enquanto durarem os efeitos do Decreto nº 40.539, de 19 de março de 2020. “Considerando que a situação demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, a fim de evitar a disseminação da doença no Distrito Federal”, destaca o documento que apresenta uma lista de motivações.

 

Como desde o dia 16 de dezembro de 2019 os serviços da Jucis.DF são 100% digitais e o atendimento presencial, feito só por agendamento, reduziu significativamente, os prejuízos à população serão mínimos.

 

Além disso, os usuários têm a disposição o chat on-line de segunda a sexta, das 8h30 às 16h30.

 

Manifestações como solicitação de informações gerais (aquelas não abrangidas pela Lei nº 4.990 de 12/12/2012, a Lei Distrital de Acesso à Informação), sugestões, reclamações, elogios e denúncias também podem tratadas por meio do Sistema de Ouvidoria do Distrito Federal (OUV-DF), disponibilizado no site da Jucis.DF pelo link.

 

“Temos que fazer nossa parte para que o Brasil não sinta ou sinta bem pouco os efeitos desse vírus que está matando pessoas no mundo inteiro”, enfatizou Sariedine.